Este é o Ranking de Rentabilidade de Novembro, representado no gráfico abaixo (Para melhor visualização clique na imagem):

No Ranking de Rentabilidade deste mês tivemos uma mescla de altas e baixas fortes nas carteiras e alguns fecharam com valor zerado por falta de informação da carteira no mês como podem ver segundo a legenda que deixei no gráfico para poder explicar as marcações. Visitem também o Ranking de Patrimônio dos blogueiros para verificar a evolução patrimonial da maioria listada acima e também de outros investidores no blog do Pobretão, um ótimo complemento ao estudo da alocação de ativos e investimentos: Clique para Visitar!

Neste mês tivemos um investidor desertor: Max Invest ficou desconfortável com sua exposição e parou de publicar suas atualizações, mas segui firme com seu blog. Informei as mudanças de colocação com setas a pedido dos leitores: Roxa significa que a posição está inalterada, Azul significa que subiu posições e Vermelha que caiu posições.

Farei os comentários sobre cada investidor e manterei os comentários sempre que não houver grandes mudanças, porém peço que visitem o blog de cada um e estudem suas estratégias, comentem, opinem e vamos formar uma comunidade unida de finanças! Os que não comentar aqui provavelmente irei comentar abaixo nos melhores do mês.  🙂

 

Viver de Renda: Sua alocação de ativos está fixa em seu blog, possui Large caps, small caps, Fundos de investimento imobiliários e  CDB’s, sua forma de alocar é 33,33% para cada setor de Bolsa, FII e Renda Fixa. Em seu blog é exibido detalhadamente os ativos que fazem parte de sua carteira, vale muito a pena passar por lá para estudá-los.

Além da Poupança: Ótima carteira balanceada em Tesouro Direto, Fundos imobiliários e Ações principalmente, com escolhas de empresas robustas e para o longo prazo segundo a análise fundamentalista.

Holding Scott: Sua carteira está composta pelos FII que são cotados como melhores pagadores do período, empresas sólidas nas ações individuais que proporcionam rendimentos elevados e consistentes.

Investidor Troll: Possui uma carteira formada exclusivamente por ações de empresas sólidas e bem divididas por setor, faz lançamento de opções para monetizar a carteira e trades para aumentar o preço médio de suas ações para fins fiscais.

Bons Dividendos: Tem uma carteira muito robusta, foi montada principalmente com a venda de um imóvel se aproveitando do boom imobiliário, na minha opinião foi uma decisão muito acertada, investe em ações individuais, fundos imobiliários, poupança, LCI e imóveis para aluguel, carteira bem focada no setor imobiliário mas que por isso fornece um retorno mensal extraordinário.

Aposentando em 2038: Sua carteira é muito parecida com a minha, tem ETF’s, fundos imobiliários e tesouro direto, os princípios da alocação de ativos. Adquiriu mais ETF’s como DIVO11 que é focado em boas empresas pagadoras de dividendos e também adquiriu GETI3 que caiu muito este ano.

General Investidor: Possuo ETF’s no setor de Bolsa alocado em SMAL11 e PIBB11, fundos imobiliários de diversos ramos focando tipos de tijolos, Tesouro direto atrelado ao IPCA e a Selic de médio prazo.

Jovem Investidora: Possui uma carteira bem segura e com ganhos bons e constantes, investe em fundos de renda fixa, LCI, CDB, poupança e Tesouro Direto.

Ganhando Muito: Não atualizou as informações da carteira.

Corey: Totalmente exposto na renda fixa com LCI, CDB, poupança e Fundos imobiliários que ajudaram a melhorar sua rentabilidade. Está estudando ativos de renda variável e continua com fortes aportes em sua carteira melhorando seu caixa e conhecimento ao longo do tempo.

Eike Rico: Trader assumido que utiliza as notícias, Análise Técnica e movimentos do mercado em suas operações, opera principalmente com swing trade, diminuiu o risco de suas operações com uma sólida alocação em poupança e Tesouro Direto.

Estagiário Investidor: Bem exposto a fundos imobiliários que proporcionam um bom rendimento mensal das cotas BCFF11B e FEXC11B, opera opções principalmente de BVMF3 da qual está altamente posicionado no setor de Bolsa também nos papéis.

Pobretão de Vida Ruim: Está 100% alocado em ELPL4 e o restante em poupança pois é praticante do timing, segura com frieza a queda da ação e pensa em baixar o preço médio para segurá-la por mais 10 ou 20 anos, esse ano foi dureza para sua carteira, pelo que podemos observar no gráfico que ele posta da evolução da carteira é o primeiro ano com fortes quedas consecutivas.

O Idiota: Essa carteira está totalmente exposta em Bolsa porém em ações que o mercado vem castigando demais como PETR4, ELPL4 e USIM5, investidor focado na análise fundamentalista e inteiramente para longo prazo, com pouca ou nenhuma alteração em carteira, apenas com aportes consistentes para aumentar posições.

Di Finance: Carteira totalmente alocada em Bolsa com empresas em sua maioria blue chips bem conceituadas, para monetizar sua carteira de longo prazo faz operações de swing trades com ações.

Baby Ostra: Está posicionada em apenas duas ações GETI4 e CSMG3 que sofreram novamente uma pancada na Bolsa, ainda esperamos que a mãe Ostra a presenteie com mais aportes no Natal (sem pressão né, rs).

O Investidorr: Não atualizou as informações da carteira.

Investidor Sardinha: Não atualizou as informações da carteira.

 

Ranking de Rentabilidade Mensal:

 

1º Lugar do Mês:  Geração 65

Com uma carteira 100% alocada na Bolsa possuía uma alta exposição em setores que o Governo atuou forte em cima, como bancos e elétricas, estava em processo de rebalanceamento durante setembro e outubro. Enxugou a carteira e ficou com poucas ações de grandes empresas, utiliza a análise fundamentalista e foca no longo prazo com baixos aportes, todo os estudos resultaram na maior percentagem positivo do mês!

 

2º Lugar do Mês: Culto da Ostra Azul

A alta exposição da cateira no setor de Bolsa em AMBV3 e BBAS3 se mostraram acertadas neste mês, consegui uma ótima rentabilidade e também contou com a ajuda do ouro físico, muito forte em épocas de crise tem se mostrado uma boa escolha, além disso a Ostra está se mantendo firme no podium do Ranking de Rentabilidade e aparecendo consecutivamente entre os melhores do mês.

 

3º Lugar do Mês: Investidor Alternativo

Com suas intrigantes escolhas de empresas small caps conseguiu se destacar novamente entre os melhores do mês, possui também parte da carteira alocada em Tesouro Direto e um fundo imobiliário, uma carteira arrojada que apresenta um excelente retorno contra uma risco mediano.

 

Ranking de Rentabilidade Anual:

 

1º Lugar do Ano:  Investidor Sardinha

  • Rentabilidade Bruta de 70,68% 

2º Lugar do Ano: Culto da Ostra Azul

  • Rentabilidade Bruta de 20,52% 

3º Lugar do Ano: Investidor Alternativo

  • Rentabilidade Bruta de 17,46%

 Invista em você!