Este é o Ranking de Rentabilidade de Outubro, representado no gráfico abaixo (Para melhor visualização clique na imagem):

 

 

No Ranking de Rentabilidade deste mês tivemos uma mescla de altas e baixas fortes nas carteiras e alguns fecharam com valor zerado por falta de informação da carteira no mês como podem ver segundo a legenda que deixei no gráfico para poder explicar as marcações. Visitem também o Ranking de Patrimônio dos blogueiros para verificar a evolução patrimonial da maioria listada acima e também de outros investidores no blog do Pobretão, um ótimo complemento ao estudo da alocação de ativos e investimentos: Clique para Visitar!

Neste mês tivemos dois investidores desertores: Futuro Milionário sumiu da blogosfera sem motivos mesmo havendo prometido se manter firme até o fim do ano e a Mulher Investidora como imaginei no último post do Ranking ela simplesmente abandonou o blog. Informei as mudanças de colocação com setas a pedido dos leitores: Roxa significa que a posição está inalterada, Azul significa que subiu posições e Vermelha que caiu posições.

Farei os comentários sobre cada investidor e manterei os comentários sempre que não houver grandes mudanças, porém peço que visitem o blog de cada um e estudem suas estratégias, comentem, opinem e vamos formar uma comunidade unida de finanças! Os que não comentar aqui provavelmente irei comentar abaixo nos melhores do mês.  🙂

 

Geração 65: Sua carteira permanece em 100% alocado na Bolsa possuía uma alta exposição em setores que o Governo atuou forte em cima, como bancos e elétricas, estava em processo de rebalanceamento e portanto sua carteira sofreu uma forte queda que irá se recompor ao longo prazo pois acredito ser uma das melhores para se acompanhar pelo conhecimento dele e pelas empresas que compõem a carteira.

Viver de Renda: Sua alocação de ativos está fixa em seu blog, possui Large caps, small caps, Fundos de investimento imobiliários e  CDB’s, sua forma de alocar é 33,33% para cada setor de Bolsa, FII e Renda Fixa. Em seu blog agora é exibido detalhadamente os ativos que fazem parte de sua carteira, vale muito a pena passar por lá para estudá-los.

Além da Poupança: Neste mês sofreu uma queda por conta das intervenções do Governo nas empresas que investe, no setor de Tesouro Direto houve uma rentabilidade excelente e no de fundos imobiliários uma correção derrubando as cotações que até então só subiam. No post da atualização de outubro ele detalhou suas escolhas de ações e todos deveriam passar por lá para ler.

Max Invest: Uma carteira muito bem diversificada, possui os principais ETF’s no setor de Bolsa, debêntures do BNDES, imóveis, previdência privada, títulos do tesouro e ainda um rendimento de um empreendimento, mas precisa ainda detalhar um pouco sobre essa empresa porque não sei explicar sobre esse ativo (continua devendo isso, rs). Se desfez do CDB (Renda fixa) e aportou tudo na quitação de um imóvel físico para investimento.

Holding Scott: Sua carteira está composta pelos FII que são cotados como melhores pagadores do período, empresas sólidas nas ações individuais que proporcionam rendimentos elevados e consistentes. Detalhou toda sua carteira de ações neste mês de Outubro e vale uma visita para conferir, possui boas empresas e outras que considero como apostas.

Investidor Troll: Possui uma carteira formada exclusivamente por ações de empresas sólidas e bem divididas por setor, faz lançamento de opções para monetizar a carteira e trades para aumentar o preço médio de suas ações para fins fiscais. Por enquanto é o terceiro no ranking do ano pois ainda falta informar seus aportes em alguns meses, mesmo assim deve ser manter entre os cinco primeiros.

Bons Dividendos: Tem uma carteira muito robusta, foi montada principalmente com a venda de um imóvel se aproveitando do boom imobiliário, na minha opinião foi uma decisão muito acertada, investe em ações individuais, fundos imobiliários, poupança, LCI e imóveis para aluguel, carteira bem focada no setor imobiliário mas que por isso fornece um retorno mensal extraordinário.

Aposentando em 2038: Sua carteira é muito parecida com a minha, tem ETF’s, fundos imobiliários e tesouro direto, os princípios da alocação de ativos. Adquiriu mais ETF’s como DIVO11 que é focado em boas empresas pagadoras de dividendos e também adquiriu GETI3 que caiu muito este ano.

General Investidor: Possuo ETF’s no setor de Bolsa alocado em SMAL11 e PIBB11, fundos imobiliários de diversos ramos focando tipos de tijolos, Tesouro direto atrelado ao IPCA e a Selic de médio prazo, fez lançamento de opções a seco e seu rendimento foi diminuído por conta dessa mudança brusca de estratégia.

Jovem Investidora: Possui uma carteira bem segura e com ganhos bons e constantes, investe em fundos de renda fixa, LCI, CDB, poupança e Tesouro Direto.

Ganhando Muito: Um estudioso da Alocação de Ativos e que aos poucos está montando uma carteira bem sólida e melhorou bastante seu aporte neste mês, comprou uma ação da AMBV3 sua primeira além dos ETF’s e também o FII MXRF11 para aumentar a diversificação.

Corey: Totalmente exposto na renda fixa com LCI, CDB, poupança e Fundos imobiliários que ajudaram a melhorar sua rentabilidade. Está estudando ativos de renda variável e continua com fortes aportes em sua carteira melhorando seu caixa e conhecimento ao longo do tempo.

Eike Rico: Trader assumido que utiliza as notícias, Análise Técnica e movimentos do mercado em suas operações, opera principalmente com swing trade, diminuiu o risco de suas operações com uma sólida alocação em poupança e Tesouro Direto.

Ostra: Já é uma experiente investidora do mercado com uma carteira de ações bem diversificada e também possui diversificação em ouro, poupança e outras rendas fixas.  Teve uma ótima rentabilidade neste mês, se desfez de boa parte de PINE um banco considerado pequeno e com a ajuda da AMBV3 que tem em larga escala em carteira fez sua rentabilidade decolar com o excelente balanço dessa empresa.

Estagiário Investidor: Bem exposto a fundos imobiliários que proporcionam um bom rendimento mensal das cotas BCFF11B e FEXC11B, opera opções principalmente de BVMF3 da qual está altamente posicionado no setor de Bolsa também nos papéis.

Pobretão de Vida Ruim: Está 100% alocado em ELPL4 e o restante em poupança pois é praticante do timing, segura com frieza a queda da ação e pensa em baixar o preço médio para segurá-la por mais 10 ou 20 anos, esse ano foi dureza para sua carteira, pelo que podemos observar no gráfico que ele posta da evolução da carteira é o primeiro ano com fortes quedas consecutivas.

O Idiota: Essa carteira está totalmente exposta em Bolsa porém em ações que o mercado vem castigando demais como PETR4, ELPL4 e USIM5, investidor focado na análise fundamentalista e inteiramente para longo prazo, com pouca ou nenhuma alteração em carteira, apenas com aportes consistentes para aumentar posições.

Investidor Alternativo: Investe em ações individuais aos poucos e faz longas análises sobre elas, tesouro direto, renda fixa e uma cota de fundo imobiliário para experimento. Suas ações são escolhidas baseadas na análise fundamentalista e em sua maioria ações pouco conhecidas e small caps.

O Investidorr: Possui ações de empresas individuais, um fundo imobiliário e dois fundos de renda fixa, sua carteira tende a se diversificar com o tempo porque neste momento seu capital ainda é pequeno e qualquer aporte já o coloca em exposição grande em determinadas ações, teve uma alta pela recuperação das ELPL4 e VALE5 que compõe juntas metade de sua carteira em Bolsa.

 

Ranking de Rentabilidade Mensal:

 

1º Lugar do Mês:  Investidor Sardinha

Este investidor deve ser chinês, com um crescimento mensal médio na casa dos dois dígitos cresce como uma potência emergente. Focado em FJTA4 e diversificando um pouco em empresas small caps altamente voláteis consegui voltar aos melhores do mês e já está disparado na liderança da rentabilidade de 2012.

 

2º Lugar do Mês: Di Finance

Apesar de novo no Ranking já é um grande estudioso do mercado de valores e tem uma carteira totalmente alocada em Bolsa com empresas em sua maioria blue chips bem conceituadas. O que ajudou neste mês foi um trade que realizou em Cemig e com uma acertada análise conseguiu se sair muito bem!

 

3º Lugar do Mês: Baby Ostra

A Baby Ostra está posicionada em apenas duas ações GETI4 e CSMG3 que após fortes quedas se recuperaram bem, espero que o Governo deixe elas respirarem um pouco e que o Natal seja bom para a Baby aportar novamente, vamos fazer um apelo para que a mãe Ostra a ajude, rsrs. Essa menina tem muito futuro, é a segunda vez que aparece no destaque do mês!

 

 

Ranking de Rentabilidade Anual:

 

1º Lugar do Ano:  Investidor Sardinha

  • Rentabilidade Bruta de 70,68%

2º Lugar do Ano: Culto da Ostra Azul

  • Rentabilidade Bruta de 17,90%

3º Lugar do Ano: Investidor Troll

  • Rentabilidade Bruta de 16,73%

 Invista em você!