Este é o Ranking de Rentabilidade de Agosto, representado no gráfico abaixo (Para melhor visualização clique na imagem):

 

No Ranking de Rentabilidade deste mês tivemos uma alta na maioria das carteiras e alguns fecharam com valor zerado por falta de informação da carteira no mês como podem ver segundo a legenda que deixei no gráfico para poder explicar as marcações.

Infelizmente tivemos que excluir mais um investidor: Investir aos 40, assim como o Investindo todo mês aplicou todo o valor da carteira em um imóvel, porém transformou o passivo que era o local de sua empresa e que pagava um violento aluguel em ativo que poderá render aluguel para sua empresa ou mesmo diminuir consideravelmente sua receita, logo estará de volta conosco com seus fortes aportes!

Como ingressantes novos no Ranking temos: Di Finance, um blogueiro bem estudioso que com seus cálculos complexos cria estudos muito interessantes e que é praticante da Análise Fundamentalista como deve ser feita.

Informei as mudanças de colocação com setas a pedido dos leitores: Roxa significa que a posição está inalterada, Azul significa que subiu posições e Vermelha que caiu posições.

Farei os comentários sobre cada investidor e manterei os comentários sempre que não houver grandes mudanças, porém peço que visitem o blog de cada um e estudem suas estratégias, comentem, opinem e vamos formar uma comunidade unida de finanças! Os que não comentar aqui provavelmente irei comentar abaixo nos melhores do mês.  🙂

 

Geração 65: Sua carteira permanece em 100% alocado na Bolsa e apanhou um pouco pela alta exposição em elétricas mas aos poucos está equilibrando este setor e permanece no pódio anual mostrando a força de sua diversificação.

Viver de Renda: Sua alocação de ativos está fixa em seu blog, possui Large caps, small caps, Fundos de investimento imobiliários e  CDB’s, não sei se continuará postando seus ativos de forma detalhada mas seria muito interessante, por enquanto notei que apenas colocou sua forma de alocar que está em 33,33% para cada setor de Bolsa, FII e Renda Fixa.

Além da Poupança: Sua carteira está composta por ações individuais, tesouro direto e fundos de investimento imobiliário, se livrou de ELPL4 que salvou sua rentabilidade no mês mas apanhou um pouco da VALE5 porém como é uma das maiores empresas do Brasil no longo prazo se justificará o investimento e tenho de ressaltar que é a única ação em baixa na sua carteira no ano o que é um feito impressionante.

Max Invest: Uma carteira muito bem diversificada, possui os principais ETF’s no setor de Bolsa, debêntures do BNDES, imóveis, previdência privada, títulos do tesouro e ainda um rendimento de um empreendimento, mas precisa ainda detalhar um pouco sobre essa empresa porque não sei explicar sobre esse ativo.

Holding Scott: Sua carteira está composta pelos FII que são cotados como melhores pagadores do período, empresas sólidas nas ações individuais que proporcionam rendimentos elevados e consistentes.

Investidor Troll: Não atualizou a carteira até o momento da publicação.

Bons Dividendos: Tem uma carteira muito robusta, foi montada principalmente com a venda de um imóvel se aproveitando do boom imobiliário, na minha opinião foi uma decisão muito acertada, investe em ações individuais, fundos imobiliários, poupança, LCI e imóveis para aluguel, carteira bem focada no setor imobiliário mas que por isso fornece um retorno mensal extraordinário.

Investir aos 40: Usou toda sua carteira para adquirir o imóvel da empresa onde pagava um aluguel de 21 mil reais mensais, espero que volte logo com tudo para a disputa no próximo ano.

Aposentando em 2038: Sua carteira é muito parecida com a minha, tem ETF’s, fundos imobiliários e tesouro direto, os princípios da alocação de ativos.  Inclusive temos no ano uma rentabilidade idêntica! rs

Mulher Investidora: Não atualizou a carteira até o momento da publicação.

General Investidor: O ETF SMAL11 e PIBB11 no qual estava baixando o preço havia 3 meses começaram a disparar e foi o que me proporcionou um ótimo rendimento e também por estar em fundos imobiliários que dispararam a cotação de julho para cá, recuperei o prejuízo do mês passado com opções de compra de PETR4 e logo devo abordar o assunto.

Jovem Investidora: Não atualizou a carteira até o momento da publicação

Ganhando Muito: Assim como eu, um estudioso da Alocação de Ativos e que aos poucos está montando uma carteira bem sólida e mesmo sem aporte teve um rendimento muito bom.

Estagiário: Bem exposto a fundos imobiliários que proporcionam um bom rendimento mensal e que opera opções principalmente de BVMF3 na qual teve uns deslizes e encerrou o mês no negativo, dessa vez foi uma perda bem forte.

Corey: Totalmente exposto na renda fixa com LCI, CDB e poupança. Está estudando ativos de renda variável e logo me parece que entrará para buscar seu lugar no pódio com seus grandes aportes poderá diversificar rapidamente em Bolsa.

Eike Rico: Estava procurando sua forma de investir ainda e pelo jeito neste mês encontrou, é um defensor dos traders e especuladores, apesar de muitos serem contra este tipo de prática para ele tem dado bem certo desde que focou nisso, utiliza principalmente o swing trade mas também daytrade.

Ostra: Já é uma experiente investidora do mercado com uma carteira de ações bem diversificada e também possui diversificação em ouro, poupança e outras rendas fixas.  Neste mês o ouro foi considerado a melhor aplicação novamente .

Baby Ostra: Essa menina muito esperta com menos de 12 anos de idade fez excelentes escolhas em suas primeiras ações, sua carteira está composta de GETI4 e CSMG3 mas neste mês teve uma queda alta por conta das revisões tarifárias e boatos de concessões.

O Investidorr: Possui ações de empresas individuais e um fundo imobiliário, sua carteira tende a se diversificar com o tempo porque neste momento seu capital ainda é pequeno e qualquer aporte já o coloca em exposição grande em determinadas ações, teve uma queda forte por conta da ELPL4 e VALE5.

Pobretão de Vida Ruim: Está 100% alocado em ELPL4 e o restante em poupança pois é praticante do timing, segura com frieza a queda da ação e pensa em baixar o preço médio para segurá-la por mais 10 ou 20 anos, ainda terá que atravessar uma revisão tarifária que virá este ano e uma notícia de encerramento de concessões mas pelo que dizem apenas em 2023.

Investidor Sardinha: Estava All-in em FJTA4 ação que vem subindo muito desde janeiro compondo em 65% a carteira e recentemente diversificou um pouco sua carteira em algumas ações Small Caps, primeira vez que não aparece nos melhores do mês.

 

Ranking de Rentabilidade Mensal:

1º Lugar do Mês:  Futuro Milionário

Teve uma ótima alta lembrando que ele utiliza o método de saques do valor total do patrimônio e essa rentabilidade já exclui isso a tornando ainda mais admirável, como comentaram em seu blog sua carteira é formada por empresas sem dívidas e com caixa robusto, foi o destaque do mês e sobe no pódio do ano.
2º Lugar do Mês: Investidor Alternativo

Investe em ações individuais aos poucos e faz longas análises sobre elas, tesouro direto, renda fixa e uma cota de fundo imobiliário para experimento, foi o segundo no mês em rentabilidade provando que o estudo e trabalho árduo de análises nos levam longe.
3º Lugar do Mês: O Idiota

Essa carteira está totalmente exposta em Bolsa porém em ações que o mercado vem castigando demais como PETR4, ELPL4 e USIM5, teve uma rentabilidade excelente neste mês mas ele não ficou feliz não porque quer mais que caia muito e assim fará preço médio para baixo, mesmo assim merece os parabéns rs.

 

Ranking de Rentabilidade Anual:

1º Lugar do Ano:  Investidor Sardinha

  • Rentabilidade Bruta de 50,47%

2º Lugar do Ano: Futuro Milionário

  • Rentabilidade Bruta de 22,40%

3º Lugar do Ano: Geração 65

  • Rentabilidade Bruta de 16,87%