A LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) é um investimento classificado como renda fixa e é isento de Imposto de Renda para Pessoa Física. Se assemelha ao título de investimento LCI.

LCA

A LCA é um título de renda fixa emitido por um banco e lastreado para empréstimos voltado ao agronegócio. Os títulos podem ter rentabilidade pós-fixada que gera o retorno oscilando com as taxas de juros do mercado ou prefixada que te possibilita estimar o exato valor a receber no fim do investimento.
LCA pós-fixada oscila de acordo com um percentual do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), que costuma variar próximo a taxa básico de juros (SELIC), fechado entre a instituição que emitiu o título e o investidor. A LCA prefixada, no entanto, já mostra na hora da compra qual a taxa fixa que não modifica em referência ao CDI ou a qualquer outra taxa, qual a taxa de juros que vai remunerar o seu dinheiro quando comprar aquele título.

Vantagens da LCA

  • Garantia pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito) em até 250 mil reais;
  • Isenção de IR (Imposto de Renda) para Pessoa Física;
  • Previsibilidade de investimento, sem surpresas;

Desvantagens da LCA

1. Crédito

A LCA tem o risco de crédito, indicando que você pode perder o dinheiro aplicado, no caso do banco emissor do título ir à falência. E lembrando que a LCA é garantida pelo FGC em até R$ 250 mil reais, então se respeitar esse limite não deve correr o risco de crédito.

2. Liquidez

A liquidez é a grande desvantagem da LCA, porque o título só pode ser resgatado, na maioria dos casos, no vencimento da data estipulada no momento da compra. Caso a data de vencimento da LCA seja em dia não útil, o crédito será lançado no primeiro dia útil subsequente.
O resgate antecipado da LCA pode ser solicitado em alguns bancos após um prazo de 60 dias, evite sustos verificando com a sua instituição essas informações antes de comprar o título.

Taxas e Custos

A instituição que faz a custódia da LCA pode cobrar ou não de você uma taxa pelo serviço, por isso verifique essas taxas entrando em contato com a instituição antes de fazer a compra. E a LCA é isenta de Imposto de Renda para pessoas físicas, assim como a caderneta de poupança.
Para as pessoas jurídicas incide imposto de renda de acordo com a lista abaixo:

  • Até 180 dias: 22,5%
  • De 181 a 360 dias: 20%
  • De 361 a 720 dias: 17,5%
  • Acima de 720 dias: 15%​​

Como investir em LCA?

1. Escolha um Banco ou Corretora

Existem bancos e corretoras autorizadas a intermediar a compra e venda de LCA, dentre os quais você deve fazer sua escolha pelos seus próprios critérios. Os bancos normalmente emitem e vendem suas próprias LCA, enquanto as corretoras distribuem LCA de vários bancos, conseguindo em alguns casos taxas de retornos melhores do que os bancos.

2. Escolha entre as opções de LCA prefixada e LCA pós-fixada

Nesses casos o recomendável é que com uma SELIC mais baixa a LCA prefixada fique mais vantajosa e já uma taxa de juros com provável subida a LCA pós-fixada leva a vantagem no longo prazo por se benficiar das oscilações.

3. Invista até o limite de R$ 250 mil

Como o FGC nas LCA garante a proteção de até R$ 250 mil por instituição financeira, é recomendável que em caso de querer aplicar mais que o valor máximo, distribua esses valores até o limite de R$ 250 mil ou até menos por conta dos rendimentos que vão ampliar o valor em diferentes bancos ou corretoras.