Uma das maiores dúvidas que os investidores iniciantes devem ter é como de fato começar investir seu dinheiro.
O primeiro passo para esse caminho é abrir a conta em uma corretora de valores, para qual irá enviar seu dinheiro e operar seus investimentos.
Mas muitos perguntam: Qual é a melhor corretora para investir?

escolher-corretora-investir

Ao invés de fornecedor uma resposta vou dar as ferramentas para que possam fazer a escolha que é melhor para você, afinal cada um tem um perfil e um dinheiro para investir, tudo isso vai influenciar na sua escolha e tem também investidores que gostam de separar seus investimentos em diferentes corretoras para se beneficiar de taxas baixas em determinadas classes de investimentos.
A principal ferramenta para buscar sua corretora e também a mais confiável é da própria da BM&FBovespa.

 

Nessa página você deve responder a três perguntas e uma pergunta opcional:

  1. Valor Inicial que quer investir
  2. Quais ativos deseja investir
  3. Corretora via internet ou presencial
  4. Serviços diferenciais

Respondido essas perguntas uma lista vai ser gerada te levando ao site das corretoras de valores que atendam ao seu perfil.
Depois disso entra a parte importante porque muitas corretoras vão ser exibidas, afinal as perguntas são básicas e provavelmente a maioria das corretoras vai atender aos requisitos e então o que devemos procurar?

  1. Preço: Taxa de Custódia, Taxa de Corretagem e outras taxas.
  2. Atendimento: Eles atendem por e-mail? Presencial? Por telefone? São prestativos na resolução de dúvidas e problemas?
  3. Benefícios: Transferência gratuita (TED/DOC), auxílio no Imposto de Renda, Relatórios, Cursos e etc, sem custos adicionais ou com preços acessíveis.

Quanto mais transparente e fácil for para encontrar essas respostas melhor, significa que a corretora é confiável em transmitir seus dados e você deve enviar um e-mail ou ligar para eles para sentir como é o atendimento, afinal está confiando para eles a custódia do seu dinheiro e dos seus ativos.
Nunca devemos olhar apenas para o preço baixo da corretagem, a solidez da corretora e o suporte que nos dão é igualmente importante, mesmo que o seu plano seja girar muito a carteira comprando e vendendo, deve ter garantias que a corretora vai manter seu dinheiro seguro para que seus planos sejam alcançados.

Definido esses passos basta entrar em contato com a corretora escolhida e abrir uma conta, é igual uma conta corrente de banco, enviará seus dados de residência, comprovantes de rendimento e irá aguardar a aprovação da abertura da conta. Finalizado essas burocracias que devem durar mais ou menos uma semana (depende da sua agilidade em enviar o requisitado), você já poderá operar seja pelo Homebroker, telefone ou mesa de operações o que achar mais conveniente.

Espero ter esclarecido essa principal dúvida de quem quer começar a investir e não sabe como escolher sua corretora de valores, qualquer dúvida adicional por favor deixe nos comentários!