No mês de outubro o mercado ficou bem volátil, principalmente por conta das ações X que finalmente não conseguiram mais enrolar investidores e algumas até estão saindo de negociação da Bolsa de Valores. A alocação dos ativos na Carteira General está da seguinte forma: Ações 46,5%, Fundos imobiliários 35%, Tesouro Direto 18%, o restante está líquido cerca de 0,5% do valor da carteira, formado por dividendos e aluguéis ainda não reinvestidos. A carteira General teve um forte aumento novamente, sendo a segunda maior rentabilidade da carteira no ano de 2013, mas ficando abaixo do Ibovespa que teve rentabilidade positiva no mês de outubro de +3,67%.

Neste mês recebi aluguéis dos fundos imobiliários, dividendos e juros sobre capital da VALE5, ficando com os rendimentos muito acima dos gastos com corretagens e impostos,  os gastos foram mínimos  com poucos movimentos feitos na carteira. Continuei diminuindo ainda mais os custos o que parece evidenciar uma estratégia, a partir de agora, apenas para aportes regulares e manutenção na alocação dos ativos. Recuperei finalmente o prejuízo histórico que havia na carteira por conta de operações mal feitas com opções, no acumulado do ano a carteira está positiva em +2,36% e na rentabilidade histórica (desde a criação da carteira) +1,46%.

Carteira General Outubro 2013

Operações da Carteira General no mês de Outubro

  • Compra de Ações: RDNI3 e TEMP3
  • Compra de Fundos imobiliários: XPGA11

 

Diversificação da Carteira General por setores

Carteira General Outubro 2013

Esse mês comprei algumas ações com o dinheiro da liquidação das VIGR3 comentado na última atualização da Carteira General em Setembro de 2013, junto também ao aporte de salário e restituição do imposto de renda, aproveitei algumas ações que não foram analisadas tão bem ainda pelo mercado na minha opinião, aumentando posição na Carteira General e diminuindo o preço médio delas, analisando os balanços não notei nada que tenha piorado e por isso realizei essas compras da RDNI3 e TEMP3, uma no ramo de construção de imóveis e a outra na prestação de serviços de saúde. Na rentabilidade deste setor a ação com maior prejuízo foi a TEMP3 com rentabilidade negativa acumulada de -12,49% e a ação que teve a melhor performance foi a BBAS3 com rentabilidade acumulada de 29,13%. No setor das ações esse mês tive rentabilidade de +5,54%.

Os títulos do Tesouro Direto tiveram uma boa subida esse mês só que ainda não se recuperaram e seguem negativo no acumulado do ano. Neste mês os títulos tiveram rentabilidade de +0,53%.

No setor dos fundos imobiliários fiz apenas uma compra para balancear a carteira, optei por fundos que fornecem rendimentos com aluguel acima da Selic, comprei XPGA11 esse mês, fundo que tem melhorado sua carteira pelo que observei nos relatórios, e o fluxo de caixa segue aumentado por conta desses fundos imobiliários. Esse mês os fundos tiveram rentabilidade de -0,07%

Gráficos por ativos da Carteira General

 Carteira General Outubro 2013 Carteira General Outubro 2013 Carteira General Outubro 2013

  As compras ou vendas que descrevo aqui na Carteira General não devem ser copiadas, cada investidor possui um perfil e estilo próprio, minhas escolhas podem não ser as melhores para o seu perfil. Não sou um profissional do mercado de valores, apenas um investidor que está iniciando esta jornada com vocês em busca da independência financeira.

 

Resumindo a Carteira General de Outubro

Dividendos das Ações, Aluguéis dos Fundos imobiliários e Cupons do Tesouro Direto : +0,50%

Despesas com corretagens e impostos: -0,045%

Rentabilidade Total do Mês: +3,07%

 

Obs.: O Ranking de Rentabilidade será postado na data de 05 de Novembro de 2013 e gostaria que atualizassem até lá seus blogs ou enviassem por e-mail a rentabilidade do mês.

 

Invista em você!