No mês de novembro não acompanhei o home broker nenhum dia, apenas as notícias das empresas e do mercado. A alocação dos ativos na Carteira General está da seguinte forma: Ações 46,5%, Fundos imobiliários 35%, Tesouro Direto 18%, o restante está líquido cerca de 0,5% do valor da carteira, formado por dividendos e aluguéis ainda não reinvestidos.

A carteira General teve uma queda considerável, praticamente zerando a rentabilidade da carteira no ano de 2013, mas ficou acima do Ibovespa que teve rentabilidade negativa no mês de novembro de -3,24%.

No que diz respeito a vida pessoal aconteceram mudanças drásticas, para pior e depois para melhor, foi uma verdadeira montanha russa esse mês e estou pensando em relatar em um post separado, porque não quero ficar desfocando do assunto principal que é a Carteira General nesse artigo, me digam o que acham e se acharem interessante vou escrever sobre tudo que aconteceu. Por esses motivos não acompanhei o mercado e a carteira ficou no piloto automático, estou com proventos acumulados para reinvestir e o aporte foi em uma única ação logo no começo do mês.

Neste mês recebi aluguéis dos fundos imobiliários, dividendos e juros sobre capital da ETER3, BBAS3, VIVT3 e GGBR3, ficando com os rendimentos muito acima dos gastos com corretagens e impostos,  os gastos foram mínimos, quase irrisórios,  com poucos movimentos feitos na carteira e isso se deve ao meu afastamento da Bolsa durante o mês de novembro. Devido a queda desse mês a carteira ficou no zero a zero, com um rendimento positivo pífio, no acumulado do ano a carteira está positiva em +0,08%.

Carteira General Novembro 2013

Operações da Carteira General no mês de Novembro

  • Compra de Ações: RDNI3

 

Diversificação da Carteira General por setores

Carteira General Novembro 2013

Esse mês aumentei posição nas ações cda RDNI3, no ramo de construção de imóveis, fiquei ainda mais confiante na empresa pelo fato do programa de recompra de ações que iniciaram em novembro. Na rentabilidade deste setor a ação com maior prejuízo foi a VIVT3 com rentabilidade negativa acumulada de -7,37% e a ação que teve a melhor performance foi a vale5 com rentabilidade acumulada de 13,16%. No setor das ações esse mês a rentabilidade foi negativa de -4,40%.

Os títulos do Tesouro Direto tiveram uma forte queda esse mês, provavelmente consequência ao aumento da Selic e a minha posição que está apenas em títulos pré-fixados ou atrelados ao IPCA, não aumento posição nesse setor faz algum tempo. Neste mês os títulos tiveram rentabilidade negativa de -1,89%.

No setor dos fundos imobiliários não realizei nenhuma compra no mês, o fluxo de caixa aumentou por conta dos fundos imobiliários adquiridos no último mês. Esse mês os fundos tiveram rentabilidade negativa de -1,23%

Gráficos por ativos da Carteira General

 Carteira General Novembro 2013
Carteira General Novembro 2013
Carteira General Novembro 2013

  As compras ou vendas que descrevo aqui na Carteira General não devem ser copiadas, cada investidor possui um perfil e estilo próprio, minhas escolhas podem não ser as melhores para o seu perfil. Não sou um profissional do mercado de valores, apenas um investidor que está iniciando esta jornada com vocês em busca da independência financeira.

 

Resumindo a Carteira General de Novembro

Dividendos das Ações, Aluguéis dos Fundos imobiliários e Cupons do Tesouro Direto : +0,69%

Despesas com corretagens e impostos: -0,015%

Rentabilidade Total do Mês: -2,20%

 

Obs.: O Ranking de Rentabilidade será postado na data de 05 de Dezembro de 2013 e gostaria que atualizassem até lá seus blogs ou enviassem por e-mail a rentabilidade do mês.

 

Invista em você!