Neste mês de maio consegui voltar a participar mais da comunidade de investidores, isso fez meu ânimo retornar, porque investimentos e ajudar pessoas a investir é o que eu realmente gosto de fazer.

Estou acompanhando diariamente o blog do Tetzner (Link para o Blog do Tetzner), pretendo aprender mais sobre fundos imobiliários e com certeza o trabalho que ele faz no blog, junto com um pessoal muito fiel, é o que tem de melhor para ler hoje no Brasil sobre fundos imobiliários. Quando me sentir mais seguro vou começar a comentar por lá, notei que não sei muita coisa sobre fundos imobiliários depois que comecei a ler assiduamente o espaço…

Também voltei a comentar e ler tudo o que os colegas da blogosfera tem postado, um material cada vez melhor, isso é ótimo porque mostra um amadurecimento dessa pequena comunidade e ruim porque já não sei mais sobre o que escrever, parece que sempre tem alguém muito mais capacitado falando sobre o assunto, seria só mais do mesmo, aceito sugestões do que posso me aprofundar para ajudar vocês em alguma dúvida, seria um prazer.

Atualizados sobre minhas pequenas atividades diárias durante o mês, vamos finalmente aos números, o que mais agradam os investidores! 😉

Carteira General Maio 2014

 

Estou tentando balancear a carteira com aportes, aluguéis e dividendos, é um processo complicado porque quando vejo um ativo que gosto muito caindo de preço automaticamente aplico nele, rs. Agora vou ser mais disciplinado pois os valores estão ficando bem distorcidos, isso não é recomendado para uma carteira que está em formação como essa.

Com o julgamento que estava previsto da correção das poupanças nos planos econômicos, os bancos mencionados na ação sofreram quedas vertiginosas causadas pelo pânico que a mídia criou e a rentabilidade negativa da carteira no mês se deveu em grande parte a isso, por isso não é bom ficar muito exposto em um único ativo como é meu caso com BBAS3 (que vontade de comprar mais quando caiu…). Recebi dividendos das ações: BBAS3, ETER3, GGBR3, QGEP3 e VIVT3.

O Tesouro Direto foi uma surpresa boa, começou a mostrar uma rentabilidade ótima e está gerando rentabilidade positiva aos poucos, apesar do plano ser apenas resgatar no vencimento, isso ajudou a segurar um pouco a maré baixa do mês das ações.

Nos fundos imobiliários estou em fase de diversificação no setor, após várias vendas de participações inteiras em FII da carteira, voltei a comprar aos poucos fundos novos e que achei interessante, devo prosseguir com essas compras nos próximos meses.

 

Movimentações da Carteira General em Maio de 2014

Compra de Fundos Imobiliários: BRCR11, FFCI11 e SDIL11

 

Rentabilidade por setor da Carteira General

Ações: -1,49%

Fundos Imobiliários: -0,71%

Tesouro Direto: +2,69%

 

Resumo do fechamento Maio de 2014

Dividendos: +0,48%

Corretagens/Impostos: -0,03%

 

Rentabilidade do mês: -0,06%