Este mês a Carteira General começou a mudar de estratégia efetivamente, migrando dos ETF’s para as ações de forma gradual, como poderão acompanhar no restante do post e nos gráficos a carteira já está com uma boa quantidade do setor de Renda Variável alocado em ações ao invés de ETF’s e para aproveitar a isenção de custódia da corretora caso faça uma movimentação, durante o ano todo devo vender um pouco das cotas em cada mês, exceto se subir muito o valor e então me desfaço de uma vez.

Fiquei com uma rentabilidade negativa só que bem acima do Ibovespa, apesar de não ser isso que busco (bater o índice), é um ponto para ficar atento. Notei que a rentabilidade da carteira é bem afetada pelo tempo do aporte e taxas que pagamos, dificilmente consigo aportar no início do mês e isso dificulta uma rentabilidade boa no fechamento do mês, além disso têm as corretagens e impostos que consomem bastante do rendimento nessa fase de transição de estratégia. Estou conseguindo manter ao menos a alocação de ativos em 40% Bolsa, 30% Fundos Imobiliários e 30% Renda Fixa, mantendo essa tática consigo evitar me posicionar demais em determinados ativos, por enquanto tem se provado uma boa alocação.

 Alocacao-Ativos-02-2013

No mês de Fevereiro realizei as seguintes operações:

  • Vendas de ETF: SMAL11 e PIBB11

  • Compras de Ações: RDNI3, KEPL3, BRPR3, VIVT3

  • Compras de Fundos Imobiliários: RBGS11 e RNGO11

  • Compras de Tesouro Direto:  NTNF010123 e LTN010116

A carteira está diversificada conforme tabela e imagens abaixo por setores e ativos:

Alocacao-Setor-02-2013

Para as escolhas das ações levei em consideração alguns indicativos de análise fundamentalista, verifiquei os balanços e fiquei exposto demais no setor de Imóveis, sinceramente incomodou um pouco esta exposição mas decidi por seguir uma estratégia que venho aprendendo com os livros que li até hoje e também com o pouco de tempo de Mercado que tenho, aos poucos com os aportes novos irei diversificar mais. O ativo circulante das empresas que escolhi, sem exceções, está bem acima do passivo circulante e em algumas até do que o passivo total, gosto de empresas com poucas dívidas, margens de lucro altas e com crescimento constante. Não analisei o pagamento de dividendos na escolha das ações e também optei por empresas que não tivessem ações preferenciais negociadas na Bolsa, apesar de que isso não será um impeditivo na hora da compra e sim uma qualidade a mais para observar.


Acoes-02-2013

FII-02-2013

RF-02-2013

As compras ou vendas que descrevo aqui não devem ser copiadas, cada investidor possui um perfil e estilo próprio, minhas escolhas podem não ser as melhores para o seu perfil. Não sou um profissional do mercado de valores, apenas um investidor que está iniciando esta jornada com vocês em busca da independência financeira.

 

Resumindo a Carteira General de Fevereiro

Dividendos das Ações, Aluguéis dos FII e Cupons do Tesouro Direto : +0,36%

Despesas com corretagens e impostos: -0,29%

Rentabilidade no Mês: -0,59%

 

Obs.: O Ranking de Rentabilidade será postado na data de 06 de Março de 2013 e gostaria que atualizassem até lá seus blogs ou me enviassem por e-mail a rentabilidade do mês.

 

Invista em você!

General Investidor - Clique aqui e curta nossa página no Facebook